Dicas do Camaradinha Rodoviário

Ir em baixo

Dicas do Camaradinha Rodoviário Empty Dicas do Camaradinha Rodoviário

Mensagem  Admin em Dom Nov 08, 2009 3:30 pm

Diariamente ao verificarmos as notícias veiculadas nos meios de comunicação, podemos perceber a banalização dos acidentes de trânsito neste País, uma vez que famílias inteiras perdem a vida em nossas rodovias e continuamos a tratar este assunto como uma notícia normal. Ficamos perplexos com a tragédia naquele momento, mas no outro dia, ao viajarmos, cometemos as mesmas imprudências responsáveis por aquele acidente. Por qual motivo fazemos isso? A resposta é simples: acreditamos que nunca acontecerá conosco. Infelizmente as estatísticas comprovam que não é isso que ocorre, pois ao sairmos para viajar, mesmo que de forma correta e respeitando as regras de trânsito, estamos sujeitos ao envolvimento em uma ocorrência, porque o acidente em si, em quase sua totalidade, tem como causa principal a falha humana, a qual está diretamente associada ao comportamento do indivíduo enquanto condutor. Portanto, temos que rever nossos conceitos, nossas atitudes enquanto condutores e adotar comportamentos corretos, respeitando as regras de circulação, o espaço de cada um, o direito de ir e vir e principalmente entender que quando planejamos uma viagem estamos idealizando um momento de convívio familiar. Embora exaustivamente alertados, parece que quando nos colocamos na condição de motorista, principalmente nas rodovias, esquecemos que estes familiares estão sob nossa responsabilidade. O desejo de chegar mais rápido em nosso destino nos faz esquecer as regras e então saímos por aí, realizando ultrapassagens indevidas, em excesso de velocidade, para ganhar poucos minutos, e deixar assim de realizar uma viagem de forma segura. Tudo isto se refere a uma questão de comportamento humano e a sensação de poder que o veículo nos impõe. Propomos que todos façam uma auto-avaliação sobre o seu comportamento no trânsito e que reflitam sobre o tema, adotando como prática, o bom senso, a prudência, a obediência às leis de trânsito, e saber entender e aceitar seus próprios limites.


Fabiano dos Santos Goia/PRF/Educador de Trânsito/Professor.
Publicado no Jornal Agora de Rio Grande.

Admin
Admin

Mensagens : 18
Data de inscrição : 07/11/2009

https://tstriogrande.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum